família · Felicidade · Filhos · Vida

Aquele da escolha do Centro Educacional

Sabemos que o momento de escolher onde nossos pequenos vão ficar quando retornarmos ao trabalho não é uma tarefa fácil para a maioria das mamães e papais. Muitos optam por deixarem os filhos com os avós, ou parentes próximos. Tem quem opte por uma babá que auxilie na casa e com a criança, porém muitos optam por levar a criança um centro educacional, e é sobre esta escolha que será este texto.

Na maioria das localidades existem dois tipos de centros educacionais, os municipais e os particulares. Os municipais são frequentemente chamados de Creches, porém em nossa cidade, são denominados de CMEI – Centro Municipal de Educação Infantil, eu particularmente acho mais adequado este último e os particulares são de iniciativa privada. Cada qual deve possuir estrutura conforme normas de funcionamento para tal.

Quando optei por um centro educacional como auxílio com minha filha, eu precisei escolher entre as opções em minha cidade e gostaria de compartilhar como foi essa experiência e quais requisitos basicamente foram seguidos, bem como algumas dicas que acredito que sejam úteis. Quero salientar, que não tenho formação na área e que minhas dicas são baseadas em minha experiência como mãe:

  • Primeiramente, escolher entre municipal ou particular. Muitas vezes a opção é contrária, pois sei de casos em que não havia vaga no público e por isso os pais optaram por particular, ou vice e versa. Porém é importante verificar o orçamento familiar bem como o custo benefício de cada centro particular (atividades oferecidas entre outros).
  • Próximo passo, identificar quais centros educacionais facilitam a rotina diária. Essa escolha é importante pois com a rotina corrida da maioria dos papais, uma rota que facilite o levar e buscar acaba auxiliando no dia-a-dia. Sendo assim, muitos papais optam por um centro próximo a residência ou familiares e outros optam pela proximidade ao trabalho. Lembrar sempre de considerar o meio de transporte utilizado pela família, ou pelo responsável por levar e buscar a criança no centro, pois isso também deve ser pesado na decisão.
  • Essas escolhas feitas, é hora de conhecer a estrutura, de alguns centros que preencham os outros requisitos já citados. É importante fazer a visita durante o período de funcionamento para que interaja com os profissionais e veja como o centro funciona. É de suma importância que o mesmo tenha estrutura adequada, limpa e organizada para atender os pequenos.
  • Conhecer os profissionais que trabalham no centro.
  • Conhecer os métodos utilizados e se os princípios que norteiam a instituição condizem com os da sua família.

A escolha do CMEI que minha filha frequentaria foi uma escolha fácil, pois o CMEI que achávamos o ideal tinha vaga e logo fomos chamados. No período certo conseguimos fazer a adaptação dela na instituição e logo ela estava adaptada e muito feliz. E nós, os papais também!

Nos contem como foi essa escolha para vocês papais e mamães!

Beijocas

Geo

*foto extraída da internet.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s