Felicidade · Filmes

Aquele baseado em fatos reais

Quando um filme fala que é baseado em fatos reais, eu já sei que vou chorar 😥 Só que mesmo chorando, eu gosto desse tipo de filme, afinal, eles sempre tem uma linda lição de vida pra nos ensinar, para mostrar como nossa vida é boa, ou ainda, como podemos nos motivar e mudar se realmente precisamos disso, não é verdade? 😀 E querendo ou não, as vezes é bom chorar todas as amarguras da vida com a desculpa de um filme, né não? Hahahaha…Então, galerinha, conecta o Netflix e prepara a pipoca, porque tem uma listinha bem real disponível na plataforma de streaming. Confere lá:

Cazuza – O tempo não para

Um dos grandes nomes da música no Brasil teve sua vida profissional e pessoal retratada por Daniel Oliveira. Marieta Severo emociona com sua garra e bravura, como Lucinha Araújo, a mãe do cantor. Confesso que não assisti, mas ele tem boas recomendações.

 

Intocáveis

Chorei litrooooos. Um milionário que ficou tetraplégico, Phillipe (Françõis Cluzet) contrata um novo cuidador, Driss (Omar Sy). Eles são totalmente diferentes, mas descobrem uma linda amizade e encontram motivos lindos para sorrir, e nos fazer sorrir também, mesmo chorando 😉

 

Na Natureza Selvagem

Como eu não pago imposto pra chorar, chorei horrores nesse também. E confesso que a cena final do filme (não vou contar, preocupa não), não sai da minha cabeça. Ela é forte. O filme conta a história de Christopher McCandless, interpretado por Emile Hirsch, que abandona luxo, dinheiro e família, para viver uma grande aventura. Seu maior sonho? Conhecer o Alasca. Essa viagem mudou totalmente o rumo da sua vida.

 

O Impossível

De arrepiar. Sério. Uma família está na Tailândia, achando que terá as melhores férias da sua vida, quando de repente vem um enorme tsunami e separa a família. São verdadeiros momentos de tensão, de luta, garra e amor pelas pessoas. O filme conta com Naomi Watts, como Maria e Ewan McGregor como Henry.

 

Raça

Em 1936, nas Olimpíadas em Berlim, o atleta afro-americano Jesse Owens (Stephan James) desafia Adolf Hitler e o preconceito da Alemanha nazista. Não assisti, mas está na minha listinha 😉

 

Sempre ao Seu Lado

Se eu chorei? Mas é clarooo que sim…hahaha. Na minha opinião, um dos filmes mais emocionantes que já vi, e que não assisto de novo, de jeito nenhum. Meu coração dói. Deve ser porque sou mãe de 3 catíoros né? Parker Wilson, interpretado por Richard Gere, era seguido todos os dias por seu cão, da raça Akita, até a estação de trem. Ao regressar para o local no fim do expediente, o animal de estimação também estava lá, à sua espera. Mas isso mudou repentinamente quando um acontecimento inesperado separou esse forte laço.

 

Marley e Eu

Chorei de novo? Claro que sim. E posso assistir 50 vezes, que começo o filme chorando. Depois de assistir Marley é que eu e meu marido resolvemos ter o nosso próprio bagunceiro. E aí surgiu o Argus em nossas vidas. Sim, ele balançou as nossas estruturas, mas nos ganhou no primeiro dia, com seu jeitinho preguiçoso e andar despreocupado. Falando do filme. Jennifer Aniston e Owen Wilson vivem Jenny e John. Casal de jornalistas, começando sua vida, lindos, felizes, maravilhosos. Resolvem ter um cachorrinho, dócil, amoroso, comportado…SQN. Hhhahhaha…O filme é divertido e emocionante. Amooo ❤

 

Jadotville

Jamie Dornan (Sim, o tal do Cinquenta Tons de Cinza) lidera um pelotão de soldados irlandeses numa missão pacificadora no Congo da década de 60. Você pensa o tempo todo que vai dar tudo errado. Assiste, vale a pena.

 

Prenda-me se for Capaz

Esse eu tenho que assistir, pois já recebi muuuitas recomendações. Perseguido por um agente do FBI (Tom Hanks), Frank Abagnale Jr. (Leonardo DiCaprio) mudava de identidade e tinha diversas profissões para enganar as pessoas.

 

Sem Dor, Sem Ganho

Parece incrível, e até mentira, que uma história tão engraçada como essa, realmente tenha acontecido. Enfoca um trio de amigos musculosos que enfiou os pés pelas mãos após sequestrar um empresário.

 

VIPS

Gente, esse cara merece um Oscar. Tudo bem, ele é um charlatão. Mas sério. Muito bom. Marcelo, interpretado pelo ótimo Wagner Moura, simplesmente assume o nome e a vida de outras pessoas. Ele aplica alguns golpes, participa de eventos e até dá entrevista pro Amaury Jr. Hilário!

 

12 Anos de Escravidão

Solomon Northup, interpretado por Chewetel Ejiofor) é um escravo liberto, até ser sequestrado e escravizado. Por doze anos ele vive nessa condição.

 

A Rede Social

A história do Facebook. Interessante e simplesmente real.

 

Gente, tem muitos e muitos outros títulos super legais, que nos inspiram, emocionam, motivam e fazem rir. Quer compartilhar sua opinião sobre os filmes listados? Tem outras sugestões? Conta pra nós. 😀

Beijinhos

Schá

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s